CADASTRE-SE AQUI para receber nossa newsletter e participar do sorteio, no dia 15/09/2017, de um livro impresso do autor

quinta-feira, 30 de outubro de 2014

A justiça é cega

Por Juahrez Alves

Certo discípulo estava sobrecarregado de dúvidas, e a que mais lhe deixava inquieto era a questão da violência. Então, ele foi até o seu mestre e, com um olhar contemplativo em direção àquele velho homem de face terna e brilhante, externou os seus questionamentos:

- Mestre, por que a violência predomina no meio social? Não somente aquela violência física, mas a violência moral, espiritual, psicológica, enfim, toda a violência que vai de encontro ao bem estar da humanidade.

O mestre continuou em silêncio por alguns segundos, como se ignorasse a aproximação do seu seguidor, mas logo virou-se para ele com um sorriso irônico no canto da boca:

- Filho, porque a justiça é cega.

- É cega de nascença? - perguntou o discípulo.

- Não. Os injustos a cegaram para punir os justos.

Ouvindo aquilo, o discípulo se deteve pensativo e saiu sem nada dizer. As palavras do seu mestre eram muito claras e podiam lhe deixar cego assim como a justiça.