INICIO               O AUTOR NA IMPRENSA                 LOJA                BIOGRAFIA                 CONTATO 

São mais de 1.600 frases. Procure uma frase:

sexta-feira, 4 de abril de 2014

O turista brasileiro e um velhinho oriental


Crônica de Juahrez Alves
No oriente médio, um turista brasileiro encontra um velhinho caminhando pelas areias do deserto, e questiona-o:

- Se o senhor conhecesse o nosso pais, não ficaria aqui nem um minuto. No Brasil há muito verde, muita coisa bonita, e aqui é somente essa imensidão de deserto.

O ancião não gostou das palavras do seu interlocutor:

- Qual é a cabeça que coça mais, a do cabeludo ou a do careca?

O turista se apressou na sua resposta:

 - Acho que a do cabeludo.

E o velhinho sorrindo, justificou o motivo de sua indagação:

- Então? A nossa terra pode parecer estéril na aparência, mas no seu bojo há muito petróleo. No entanto, um território que se mostra próspero na aparência vive cheio de problemas. Outra diferença entre o deserto e uma terra coberta de arbustos, é que aqui aprendemos a valorizar uma palmeira como se ela fosse uma imensa floresta. Diferentemente de vocês brasileiros que aprenderam a valorizar a Amazônia como se ela fosse uma palmeira.

O forasteiro ainda quis contra-argumentar e falar também dos problemas milenares daqueles povos do oriente com a disputa de território, mas achou melhor ficar calado para não receber uma lição ainda maior.



Um comentário :

  1. Multiplicador, a vida daquele blog depende de você!

    Dê a sua opinião, não deixe que mais um blog morra!

    http://www.educadoresmultiplicadores.com.br/2014/04/multiplicadora-nao-deixe-que-mais-um.html

    Contamos com a sua presença! Desde já, agradecemos por sua visita.

    Irivan Rodrigues

    ResponderExcluir